Sexta-feira, 20 de Outubro de 2006

Educação: um conceito polissémico

Para kant, aquele que foi considerado como o último grande filósofo dos princípios da era moderna, o fim da educação é «desenvolver, em cada indivíduo, toda a perfeição de que ele seja capaz». Então, para definir educação, será preciso, pois, considerar os sistemas educativos que ora existem, ou tenham existido, compará-los, e apreender deles os caracteres comuns. O conjunto desses caracteres constituirá a definição que procuramos. Para que haja educação é necessário que haja uma geração de adultos, uma geração de indivíduos jovens, crianças e adolescentes; e que uma acção seja exercida pela primeira, sobre a segunda. Não existe sociedade na qual o sistema de educação não apresente o duplo aspecto: o de ser, ao mesmo tempo, uno e múltiplo Neste sentido Educação não é, pois, para a sociedade, senão o meio pelo qual ela prepara, no íntimo das crianças, as condições essenciais da própria existência. Concluindo, a educação é a acção exercida, pelas gerações adultas, sobre as gerações que não se encontram ainda preparadas para a vida social; tem por objecto suscitar e desenvolver, na criança, certo número de estados físicos, intelectuais e morais, reclamados pela sociedade política, no seu conjunto, e pelo meio especial a que a criança, particularmente, se destine.

 

Compreendemos assim, que para que haja um processo educativo completo é necessário que se abranjam dois grupos etários distintos, em que um é o emissor e o outro o receptor. O emissor constitui a geração de adultos que transmite a sua formação e valores á geração de jovens que constituem assim o grupo de receptores. Este processo, do apreender destes conteúdos, surge do decurso da Educação Formal, Não-Formal e Informal.

Sentimo-nos:: apaixonadas por EDUCAÇÃO
publicado por Fantastic 4 às 11:36

link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Clara Coutinho a 21 de Outubro de 2006 às 16:34
Olá meninas! Li com atenção o vosso texto com o qual concordo em parte, ou seja, não há dúvida que a educação tende a perpetuar os valores da sociedade que são passados de geração em geração.
Mas já pensaram o que é a educação na sociedade global em que vivemos? Em que todos podemos aceder a toda a INFORMAÇÂO se tivermos um computador e a internet? Já pensaram o que será se as mulheres talibãs souberem como vivemos do lado de cá e como educamos as nossas crianças?
A educação hoje é um fenómeno global e temos de educar para as vantagens e também para os perigos da sociedade da informação!

Comentar post

.Nós...no sentido figurado :)

.Pesquisar neste blog

 

.Junho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Posts recentes

. Vamos de Férias!!!!!

. As Tecnologias da Informa...

. Redes e contextos de educ...

. Processos colaborativos n...

. Impacto das comunidades d...

. Abordagens educacionais n...

. Educação e sociedade em r...

. uffa...já chegaram as fér...

. Correio electrónico

. O Modelo de Abraham Moles

.Arquivos

. Junho 2007

. Maio 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.tags

. todas as tags

.Links